Eduardo Nunes

Eduardo Nunes #02B

Eduardo Nunes nasceu em 1969 na cidade de Niterói, Brasil. Estudou na Escola de Cinema da UFF (Rio de Janeiro) e trabalhou em diversos filmes como assistente de direção, produtor e montador.

Em 1994 dirigiu seu primeiro curta: Sopro (co-dirigido por Flávio Zettel). Seguiram outros quatro curtas: Terral (1995), A Infância da Mulher Barbada (1996), Tropel (2000) e Reminiscência (2001). Juntos estes filmes ganharam mais de 40 prêmios e foram exibidos em importantes festivais, como Rotterdam, Berlim, Clermont-Ferrand, Havana, Biarritz, Brasília, Gramado, etc…

Em 2012, a convite da Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro, Nunes realizou o projeto Portraits of London em parceria com a produtora de Londres B3. Trata-se de um filme de 30 minutos, exibido simultaneamente em quatro telas.

Nunes também trabalhou como diretor de documentários para a TV (TV Escola, MultiRio, TV Brasil) durante 15 anos. Sudoeste, seu primeiro longa-metragem, recebeu 23 prêmios internacionais (incluindo dois FIPRESCI e o prêmio Andrei Tarkovski) e foi exibido em mais de 30 países. Em 2018, lançou Unicórnio nos cinemas brasileiros, seu segundo longa metragem de ficção. O filme foi exibido na Mostra Geração da 68a Berlinale. Dirigiu a série de TV Frequência Positiva com estreia prevista para 2020 e atualmente, prepara seu terceiro longa, Cinco da Tarde, contemplado no Edital de Niterói na categoria Longa Metragem de Ficção.